Brincando de alongar o bebê


shantala_bb6
A mamãe informada terá mais chances de ajudar seu filho a se desenvolver melhor e passar mais tempinho juntos. A mamãe cria e brinca com seu filho para vê-lo crescer feliz e saudável.
Como mamãe recente e terapeuta ocupacional, senti a necessidade de compartilhar alguma informações que são de interesse nesse mundo materno e que só traz benefícios em família.
Como idéia trago  uma maneira simples de brincar com seu bebê, estimulando a alongar suas perninhas brincando e se divertindo juntos.
Como os bebês se desenvolvem muitas vezes, eles vão se envolver no jogo de pés e mãos, mesmo que seja trazendo os pés para a sua boca. Isso pode parecer estranho para os pais, mas ele realmente serve a um propósito e tem vários benefícios para o seu filho. Alguns destes benefícios e efeitos são:

– Trazendo os pés até as mãos e até mesmo sua boca permite que a criança comece estendendo suas coxas. Depois de cerca de nove meses no ventre têm os músculos isquiotibiais realmente encurtados devido estarem na posição fetal.
– Ao levantar os seus pés no ar e tentar pegá-los com as mãos que estão trabalhando em sua força de base, bem como o desenvolvimento da força anti gravitacional nos músculos flexores tanto em seu braços, e sua cabeça e pescoço.
– Agarrando seus pés, permite aos bebês a desenvolver as suas capacidades de apreensão que pode reportar em tarefas motoras finas.
– Alcançando seus pés incentiva o bebê com as duas mãos, bem como uma mão, alcançar brinquedos de seu interesse para o mesmo lado do corpo, bem como para o lado oposto do corpo. Essa Assimétrica também leva ao desenvolvimento de habilidades, tais como o rolamento.

A prática de tentar agarrar seus pés em uma ou ambas as mãos, e quer um ou ambos os pés lhes permite desenvolver a aprendizagem motora e exploração motora para que eles possam descobrir o que seus corpos e músculos fazem. Além disso, o jogo de pés e mãos, bem como colocar os pés na boca mostra que eles estão desenvolvendo a consciência corporal, bem como lhes dão a oportunidade para continuar a desenvolver.

Você pode incentivar essa brincadeira de mão-pé, bem como pé-boca, trazendo suavemente seus pés até onde eles podem alcançá-los. Nunca force este movimento porque algumas crianças podem ser mais encurtados do que outros. Tudo deve ser feito na base da brincadeira e da diversão! Ao expor os pés ao bebê, eles vão começar a se interessar e tentar chegar aos seus pés para explorar e brincar naturalmente.
A dica é brincar de alongar enquanto troca fralda, enxugando-o, de forma lúdica.
Raquel Jaskulski
Terapeuta Ocupacional 

Membro da Assoc. Brasileira dos Terapeutas Ocupacionais – ABRATO

Comentários

1 Comentário
  1. postado por
    Raquel Jaskuslki
    jun 30, 2014

    Ficou tudo muito lindo! Parabéns Camila! Grande beijo! Agradeço imensamente a parceria!

Siga nosso Instagram e aproveite cada detalhe!

Join to Instagram