Deixem-nos ser mães!

mulher-nervosa_bigthumb546Muitos criticam nossa maneira de educar nossos filhos. Quem nunca se sentiu um pouco sufocada diante de uma bomba de opiniões divergentes e críticas constantes? Eu já. E muito. A gente fica perdida no meio de tantas opiniões e conselhos. Quando você se torna mãe, acaba tendo não só a si própria, mas todo mundo prestando atenção no que faz. A gente se sente julgada o tempo todo.

Seja qual for a situação, você não sabendo o que fazer, ou, até sabendo, vai haver sempre quem pense diferente e expresse seus palpites. Sua mãe diz uma coisa, sua sogra, outra, seu pediatra não concorda com nenhuma das duas. Amigas, tias  e até quem você nunca viu tem alguma “solução infalível” sobre a educação, a saúde e tudo que envolva crianças, mesmo se não tiver filhos. Parece que TODO mundo parece ter uma opinião do que “acham” ser melhor. Mas, muitas vezes, não levam em consideração de que você tem uma ( opinião), de que você está aprendendo e quer fazer sozinha, quer ser mãe.

Li em algum blog que não lembro ( quem puder, por favor me informar para dar os créditos) sobre quando você vai a um zoológico tem aquelas plaquinhas de “Não alimente os animais”. Você respeita e ponto final. Achei essa comparação com a vida do bebê fantástica. Porque todo mundo quer colocar algo na alimentação da minha filha, por ela ser magrinha.  A família toda tem uma opinião e acha que se ela comer mais ( e não estou falando de alimentos saudáveis) vai engordar.

Tenho que dar danoninho, refrigerante ( “tadinha, só para experimentar?”) entre outras coisas. Peraí! Eu fico cuidando da alimentação dela, me preocupando em preparar alimentos nutritivos e saudáveis para se intrometerem no que devo ou não dar para MINHA filha?

E não só na alimentação. Tem sempre alguém com uma idéia genial de cuidar do sono, das manhas, de tudo. Uma solução fantástica e milagrosa que vai resolver todos os seus problemas.

E fale a verdade, você pode até não confessar, mas também está sempre avaliando outras mães. Internamente criticando aquelas que resolvem dar tais alimentos tão cedo, levar ao shopping quando são muito novinhos entre outras coisas.

c0lfixaaf93sm8jwo28t3k605

 

As mães têm liberdade absoluta para o usarem com seus filhos. Assim, ela vai saber discernir o que é certo e errado pra ela. Como ela quer criar o seu filho (a). E, mais
importante, saber filtrar o bombardeamento de sugestões que recebem de todos os lados. Deixem-nos ser mães.

Comentários

2 Comentários
  1. postado por
    Luisa
    jul 1, 2013

    Adorei esse post!!! Parece que somos incapazes de tudo, e as opiniões que são as certas! 
    Adorei seu blog! Parabéns!! 

  2. postado por
    Marcia Clemente
    jun 28, 2013

    Amiga,

    Te entendo completamente, e sofro com isso tambem, fico doida quando a familia quer dar comida para a Bibi só pq ela é magrinha…quando toda hora perguntam…ta andando? Ta falando? eu não posso apressar o desenvolvimento normal da minha filha! Me poupe opiniões que não acrescentam nada na nossa vida e em vez de ajudar nos preocupa!

    Pronto…desabafei

    Beijos mil para vc e nossas Bibi’s

    Marcia Clemente

Siga nosso Instagram e aproveite cada detalhe!

Join to Instagram