É basicamente a lei da oferta e da procura

É basicamente a lei da oferta e da procura. Estava eu fora do Centro de Atendimento ao Solicitante do Visto Americano quando me lembrei que tinha que imprimir a confirmação e uns papéis adicionais. Ok, me lembrei antes, mas pensei que perto teria algum lugar que oferecesse esse tipo de serviço. Sempre tem, por que não teria lá?

Não tinha. Aliás tinha um carro parado na entrada com o porta malas aberto e um cara com um laptop e uma impressora oferecendo aos esquecidos, como eu, os seus serviços de impressão. Ufa, problema resolvido, pensei. Estava enganada. O tal rapaz de fato oferecia o serviço pela bagatela de trinta reais por folha. Isso mesmo, trinta reais a impressão preta e branca de um papel A4….

Tinha até uma considerável filinha. Eu como tinha muito o que imprimir, não sairia por menos de uns duzentos reais. Saí loucamente por todo lado a procura de uma lan house, uma lojinha com computador, qualquer coisa. Perguntei aos passantes se eles sabiam, porteiros, e cia. NADA. Aliás, alguém no posto de gasolina disse ter alguma papelaria quatro ruas abaixo. Olhei para o relógio e droga, não ia dar tempo. A solução vai ser pagar mesmo. Voltando para o mesmo lugar inconsolada, avistei um banco.

Eu com minhas idéias loucas pensei “o que eu posso perder? Receber um “não” como resposta?”  Então entrei lá apenas com o celular, devido aquelas portas de segurança que iam me atrasar muito. Perguntei onde ficava a gerência e subi um lance de escadas. Expliquei rapidamente minha situação, que precisava imprimir certos papéis. A gerente muito solicita pediu que eu enviasse os tais papéis para o email dela do banco, assim ela poderia imprimi-los. Pois eles não tem “acesso livre” a internet para ficar entrando nos seus emails pessoais, ao menos acho que não.

Graças ao celular enviei rapidamente os papéis para o email dela os quais ela imprimiu rapidamente e voilá: Economia de pelo menos 200,00 e ainda cheguei a tempo. Lógico que suada, cansada e com a adrenalina a mil, mas cheguei. É gente, deixar as coisas para última hora dá nisso. E é assim mesmo, as pessoas esquecidas precisavam do serviço e o rapaz estava lá para oferecê-los. E pela impressão de uma folha você pagaria mais que uma grama de ouro. Esse era o preço do esquecimento.

 

Siga nosso Instagram e aproveite cada detalhe!

Join to Instagram