Fase pré-escolar deve trabalhar a autoconfiança da criança

Investir em crianças maximiza seu bem-estar

 

 

A fase pré-escolar é o período que antecede o ensino obrigatório e compreende o intervalo entre 0 e 5 anos de idade, nas escolas de ensino padrão. Dos 0 aos 3 anos, as crianças são direcionadas à creche e dos 4 a 5 anos para a pré-escola.

 

38202857_1896845057043257_6976162383567781888_n

É no período pré-escolar que a criança desenvolve a coordenação motora ampla e a fina, usada para a escrita, além da capacidade de concentração, que é de fundamental importância no progresso da memória e do raciocínio lógico, tão trabalhado no método Kumon. O fato de uma criança mostrar, ou não, interesse e gosto pelo estudo não quer dizer que ela tenha uma maior ou menor capacidade intelectual.

 

“Uma criança em idade pré-escolar que se interessa pelos números e pelas letras consegue contar, somar e subtrair com facilidade e também escrever seu nome, ou e até mesmo ler. Crianças que começam o aprendizado no Kumon ainda na etapa pré-escolar incorporam a capacidade básica de escrita de números e de letras com mais facilidade e prazer. Mesmo a criança que ainda não consegue segurar bem o lápis ou que mal começou a desenhar, é muito bem-vinda no Kumon. Isto porque quanto antes ela começar no método Kumon, mais poderá desenvolver o seu potencial”, conclui Mariana Chaves, psicopedagoga e gerente do setor de elaboração de material didático de Português do Kumon.

 

É importante ter em mente que a criança também precisa de estímulos, tanto dos pais como dos professores, para entender que aprender traz benefícios para a sua vida cotidiana. Para o Kumon, toda criança tem seu potencial individual e é capaz de evoluir e crescer no seu ritmo. É por isso que o material desenvolvido evolui de maneira suave, dando mais autonomia para o aluno.

 

Esses passos são muito importantes para que, quando a criança estiver na etapa da alfabetização, não tenha um grande problema ou trauma, já que ser alfabetizado é um momento bastante complexo para uma criança. Para quem ainda tem dúvida sobre o método Pré-Escolar, o Kumon desenvolveu uma plataforma para que os pais possam se aventurar junto com os filhos. Todos os exercícios disponíveis estimulam os pequenos para que, com o incentivo dos pais, consigam ter ótimos resultados. Memorização, formação de palavras e distinção de sílabas fazem parte das atividades.

 

 

Sobre o Kumon

Criado no Japão em 1958, pelo professor Toru Kumon, o método utiliza os chamados exercícios-guia para que o aluno realize as atividades com o mínimo de intervenção do orientador. Somente após absorver totalmente a informação, avançam para os níveis subsequentes. “O aprendizado segue na simplicidade do papel e lápis. O que se escreve de próprio punho não se esquece, e é isso que faz com que o Kumon esteja em tantos países”, diz Masami Furuta, presidente da empresa no Brasil. O método está presente em 50 países e reúne 4,35 milhões de estudantes. No Brasil são mais de 1.400 unidades em 550 cidades, somando mais de 160 mil alunos, dos 180 mil na América do Sul. Mais informações no site www.kumon.com.br ou pelo telefone 0800 728 1121.

 

Siga nosso Instagram e aproveite cada detalhe!

Join to Instagram