O dilema da mãe moderna

IMG_5720 modifiedAntigamente os papéis eram bem claros: cuidar da casa, dos filhos e do marido. Hoje em dia além de cumprir todos os papéis acima as mulheres trabalham.

Então o tempo é algo além de preciosíssimo, escasso. Fora que tem o famoso dilema da mãe que trabalha fora e muitas vezes se sente distante dos filhos. Mas há as que ficam em casa e na realidade não ficam de fato com eles, há casos de mães que esquecem de si mesmas pensando nas crias.

A moda atual é você não ter babá e participar ativamente da criação dos seus filhos. Mostrando que você é uma super mãe. Há quem critique quem tenha. Também há as que delegam tudo a babá, prova essa, que muitos filhos são apegados mais as babás que as próprias mães.

Quem está certo nessa história? Ninguém. Cada cabeça uma sentença e cada mãe sabe a melhor maneira de criar seus filhos. Eu como trabalho na maioria das vezes em casa me sinto um pouco consumida e ao meso tempo privilegiada por estar presente. Não é novidade alguma que não tenho babá nem ajuda. Ajuda confesso que foi por acaso mas babá nunca fez parte dos meus planos.

Eu não sou melhor mãe nem pior. E ainda sofro da eterna culpa materna. Se a mãe trabalha fora, se não, se faz isso ou aquilo, sempre vem com uma pitada de remorso. Há quem tenha menos e há também as que tenham uma consciência tranquila ( Quem tiver, por favor me ensine).

Mas como vivemos em sociedade, e em sua maioria não é justa, ela vem cercada por julgamentos. De outras mães, de sogras, de amigas que muitas vezes pensam mas nada falam. Claro que também as que falam e também, as que falam pelas costas.

A liberdade da mulher trouxe coisas maravilhosas e isso é inegável, mas também muito mais afazeres e responsabilidades… fico imaginando o motivo de nunca estamos satisfeitas ou se sim, sempre em busca de alguma coisa a mais, ser mais, ser melhor. Será que faz parte da mulher? Encerro o texto não com um discurso de queimar sutiãs, mas de colocá-los na geladeira. Quem sabe as coisas param um pouco para que eu possa me adaptar antes da nova modinha.

 

Foto: Caio Ferreira

Comentários

1 Comentário
  1. postado por
    Elis Regina Vasco
    abr 2, 2015

    Super recomendo a leitura de um.livro chamado: Vida de equilibrista – a dor e a delícia da mãe que trabalha. Eh maravilhoso e faz essa reflexão dos diversos papéis que exercemos, fala da culpa, do pai, da rede de apoio… etc. Vale a pena ler!

Siga nosso Instagram e aproveite cada detalhe!

Join to Instagram