Tirando a mamadeira noturna

961711_872517209476052_629829905_n

Por que a mamadeira noturna é tão condenada?

A mamadeira noturna é considerada uma vilã para os odontopediatras. Isso porque, na maioria das crianças, após tomar o leite não há a higienização dos dentes, ou seja, a criança passa a noite com os dentes sujos.
Durante a noite, a produção de saliva (grande protetora dos dentes) diminui consideravelmente o que permeia ainda mais a exposição dos dentes frente aos inimigos: bactérias de cáries.
Esse hábito criado e mantido por tempos poderá levar a criança a situações de cáries precoces e extensas.
Além do fator odontológico, é importante verificar a idade e a necessidade dessa mamadeira: é indicação médica ou de nutricionista? Por que oferecer a mamadeira noturna? A criança janta bem?
Geralmente a criança desenvolveu um hábito, simples assim, ela acorda porque aprendeu a acordar para mamar e, isso na grande maioria das vezes não é fome (se ela se alimenta bem nas últimas horas do dia).
Você já percebeu, nós adultos, dificilmente acordamos com fome, quando acordamos na madrugada isso é sede (provavelmente um tempero mais forte na última refeição)?
Então, acredite que na maioria das vezes é sede, e não fome! Então, ofereça água.
Mas, não é possível substituirmos de um dia para outro o leite/ suco pela água… A criança perceberá, e o caos na madrugada estará instalado.
Nesses casos, a dica que eu dou é diluir o conteúdo da mamadeira diariamente em água, até ficar bem rala e chegar a ser somente uma mamadeira de água!
Assim:
1º dia  220 ml de leite/ suco
2º dia 200 ml de leite/ suco e 20ml de água,
3º dia  180 ml de leite/ suco e 40ml de água
E assim por diante… Um pouco por dia, até a mamadeira ser completamente de água (mantenha a temperatura que sempre ofereceu).
Torcendo para vocês conseguirem.
Vocês são capazes!
Com Thelma Parada
@dentistadecrianca

 

Siga nosso Instagram e aproveite cada detalhe!

Join to Instagram